segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Parque das Ruínas

As ruas desse bairro são estreitas, então estacionar rente a calçada é sempre um risco, porque cada carro que sobe ou desce tem que fazer uma manobra para deixar o que vai subir ou descer passar. E ontem quando eu estava saindo do parque me deparei com uma cena que eu falei comigo mesma “cara que é isso?”
Meu esposo estava descendo com o seu carro, quando o carro que estava subindo fez uma manobra totalmente sem noção, ele literalmente saiu rasgando o pára-lama com farol e tudo do carro que estava estacionado, eu fiquei pensando e me coloquei no lugar do dono do carro vitimado. Saiu de casa tranqüilo, querendo aproveitar o domingo visitando um local agradável, de repente quando volta  para pegar o seu carro depara com o seu carro destruído na lateral, um carrão novinho, por causa de um motorista irresponsável que pode ter se mandado do local sem ao menos deixar o telefone de contato, porque não ficamos para ver o final da história, e dizer “acabou meu dia,” mesmo que o outro tenha deixado o telefone de contato dizendo que o seguro vai pagar o prejuízo, menos mal, mas, não menos frustrante.
Penso que a maioria iria pensar ou reagir assim, penso também como uma situação pode mudar totalmente nossas emoções e estragar todo o nosso dia.
Por isso a dica de hoje é:
Trabalhe suas emoções, não permita que uma situação ruim te prenda em cadeias de várias situações ruins, a ponto de você chegar ao fim de um dia dizendo, “desgraça pouco é bobagem.”
Lembre que uma situação ruim é apenas uma situação ruim,  não desconte nas pessoas que não tem nada haver com o caso, respire fundo, oxigene o cérebro, tente resolver da melhor maneira possível a situação e relaxe, se não der para resolver na hora, a solução surge na maior parte das vezes, quando estamos relaxados e de cabeça fria.
Pode ser inviável, mas como disse o apóstolo Paulo, “não retribuam a ninguém mal por mal. Procurem fazer o que é correto aos olhos de todos. Façam todo o possível para viver em paz com todos.
 Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: "Minha é a vingança; eu retribuirei", diz o Senhor.
 Ao contrário:
"Se o seu inimigo tiver fome, dê-lhe de comer;
se tiver sede, dê-lhe de beber.
Fazendo isso, você amontoará brasas vivas
sobre a cabeça dele".
 Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem.” Romanos 12:17-21


Postar um comentário