quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Dê Tempo ao Tempo




Você já teve raiva de ser do jeito que é, de ter a sensação que talvez esteja sendo fanática demais, radical demais, de que você talvez se encaixe no perfil dito em Eclesiastes, onde o pregador diz, “não sejas demasiadamente sábia e nem demasiadamente justa, pois destruiria a si mesmo?
Às vezes diante do comportamento de muitos cristãos que conheço, próximos de mim, penso essas coisas.
Já passei tanta coisa que eu sei , se não fosse a misericórdia de Deus, a bondade de Deus, eu não teria superado, então, quando sinto o que senti e que muitos do coral também sentiram, ontem no ensaio, eu só consigo dizer, “ Senhor não permita perder a Tua presença”, que minha consciência continue a doer diante de certas atitudes e comportamentos, mas, também me ajude a ter paciência com aqueles que não sentem como eu sinto, porque como tenho aprendido, cada um tem um tempo Teu, para desenvolver a sua própria espiritualidade, me dê sabedoria para ver a diferença para que o orgulho ou a insensatez não sejam o meu guia.

Postar um comentário