segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Locação de Filmagem

Vem aí a nova minissérie da Record, Sansão e Dalila, fui conferir de perto uma das locações de filmagem desta nova minissérie, o Forte de Santa Cruz que fica na orla de Niterói em Jurujuba e que já foi palco das filmagens da minissérie Ester (O mercado persa onde a personagem Rebecca (Eliete Cigarini) vendia tapetes foi reproduzido na fortificação).
Um belíssimo lugar.



A foto abaixo mostra quando o guia Vargas, nos explicava sobre os detalhes do emblema da FEB(Força Expedicionária Brasileira) e achei interessante o detalhe da cobra fumando, que este símbolo está ali como resposta aos que diziam que era mais fácil uma cobra fumar do que o Brasil ir à guerra e o Brasil foi à guerra.



Abaixo a capela de Santa bárbara nesta capela estão enterrados 4 corpos duas mulheres e dois homens, interessante que no altar onde o padre celebrava as missas há uma janelinha voltada ao mar para que se o padre visse a aproximação de inimigos avisasse aos soldados que imediatamente mandavam chumbo neles.


Em toda a fortaleza existem pontos estratégicos onde foram colocados os canhões, além das Casamatas



Esta foto abaixo mostra um lugar altamente deprimente, é onde fica a Masmorra(mais que morra) apesar de parecer iluminado é totalmente escuro e fédido quem ficava preso aí perdia totalmente a noção do tempo.


Outras prisões




Este lugar abaixo é onde são realizados eventos e festas, um lugar belíssimo bem medieval, querendo é só entrar em contato com as relações públicas do exército e agendar, não é barato, mas, com certeza inesquecível.


A construção desse lugar a forma como a fortaleza era estrategicamente protegida é admirável, porém para os dias de hoje totalmente frágil, com certeza tecnologicamente eles devem possuir outros meios de detectar a presença de inimigos se aproximando e uma comunicação onde estes mesmos inimigos possam ser combatidos.
Depois da visita àquele lugar fiquei imaginando...
Como anda a nossa fortaleza?
O que temos feito para protegê-la da invasão dos inimigos que tentam destruir nossa confiança, nossos princípios, valores, nossa fé em Deus?
Não podemos ser ingênuos, se tentarmos proteger esta fortaleza baseando apenas naquilo que vemos, como faziam os soldados antigamente, que precisavam avistar para então mirar e combater, seremos destruídos facilmente , precisamos de um sensor, um GPS potente que detecte a presença de invasores a longa distância.
Que Deus nos capacite a termos um discernimento muito mais acurado, perceptível a longa distância, para que possamos nos posicionar estrategicamente antes que seja tarde demais.


Postar um comentário