sábado, 6 de fevereiro de 2010

Você se Conhece?


Eu estava lendo uma entrevista dada pela atriz Glória Pires em 2007 à revista Quem, onde ela conta um pouco sobre seu lado B.
Um lado que ela aprendeu dominá-lo e mantê-lo quase que adormecido, e ela diz que a profissão de atriz contribuiu muito para isso, para esta aprendizagem.
Seu lado b? Uma raiva incontrolável quando aguçada com atitudes que ela mal se reconhece.
Ela conta de um fato quando criança , onde brincava com um gato e nessa brincadeira o gato acabou a arranhando ou mordendo, não me lembro ao certo, que ela numa atitude de fúria, pegou o gato pelo rabo e começou rodopiá-lo várias vezes, ela diz que não se lembra o que aconteceu com o gato depois, mas esta cena não sai da sua lembrança.
Todos nós temos inimigos dentro de si a serem vencidos, justificar esses inimigos em nada contribui para o nosso crescimento, fingir que eles não existem, muito menos.
Porém detectá-los é imprescindível, até para sermos mais felizes, para ganharmos mais confiança, não basta apenas conhecer nossos pontos fortes, quando conhecemos as fraquezas e limitações que tentam nos paralisar, que tentam inibir a nossa capacidade de ir em frente, está na hora de aprendermos a lidar com elas e canalizá-las ao nosso favor.
Gosto de um texto escrito em II Crônicas 32: 24-31 – que nos relata a doença de Ezequias .A Bíblia nos conta que Ezequias não correspondeu a todos os benefícios que o Senhor lhe tinha concedido, pois seu coração havia se exaltado, Ezequias na verdade estava se sentindo “O TODO PODEROSO”, e a Bíblia também nos conta que por um tempo Deus o desamparou para que ele conhecesse o que ia em seu coração.
Deus sempre nos manda sinais e mais sinais, alertas e mais alertas, não faz assim, não é por aí, não é assim que resolve as questões da vida, não tome esta decisão,... e a gente vai teimando, até que um dia , Ele diz: “É assim que você quer resolver, é assim que você quer agir, então vai, vai na fé”.
Não somos perfeitos e esta aprendizagem faz parte da vida e é muito bom quando reconhecemos isto, que temos muito ainda que aprender.

Fiquem na paz!

Postar um comentário